Value Based Healthcare

Value Based Healthcare: cuidados de saúde baseados no valor para o paciente

Mudança na abordagem dos processos de assistência: da quantidade para a qualidade nos cuidados de saúde

Ichom, empresa pioneira no trabalho de Value Based Healthcare com a Quodem

Necessidades abrangidas

  • Redução de custos
  • Melhoria da qualidade nos cuidados de saúde
  • Melhoria dos resultados
  • Redução dos erros médicos
  • Aumento da satisfação do paciente
  • Mantém o paciente bem informado
  • Promove hábitos saudáveis

Funcionalidades

  • Estratégia e plano de execução do Value Based Healthcare
  • Solução tecnológica de implementação e análise
  • Suporte e organização

1. ¿Que é o Value Based Healthcare?

O Value Based Healthcare (VBH), um conceito baseado nos estudos do professor Michael Porter, representa um novo quadro de ação orientado para a restruturação dos sistemas de saúde com o objetivo de gerar valor real para os pacientes.

É um novo paradigma que nasce dos avanços tecnológicos, da inovação científica e das mudanças culturais nos pacientes, através do qual se passa da medicina tradicional baseada na quantidade dos serviços prestados para uma medicina baseada no valor dos serviços.

2. Elementos principais do Value Based Healthcare

Com o Value Based Healthcare pretende-se construir cuidados de saúde centrados:

  • Na poupança de custos, com uma transformação dos cuidados de saúde baseados na rentabilidade
  • Na melhoria da qualidade, gerando valor nos cuidados de saúde
  • Na melhoria dos resultados, graças às ferramentas de obtenção de dados
  • Na comparação entre profissionais de saúde, serviços e hospitais, ao estandardizar a medição do valor fornecido no processo de assistência

Os elementos principais do Value Based Healthcare são:

  • Estandardização: quais as variáveis a medir e de que forma devem ser medidas nos processos de prestação de cuidados de saúde para uma patologia em concreto, com a finalidade de comparar os resultados obtidos por paciente, independentemente do hospital ou serviço. Necessidade de ajustar o risco em função da tipologia do paciente (idade, comorbilidades, etc.), a fim de homogeneizar o valor fornecido a cada paciente.
  • Transparência e competitividade: a transparência e comunicação dos resultados obtidos entre os diferentes fornecedores de cuidados de saúde irão promover a melhoria dos processos de assistência, ao promover a competitividade entre os mesmos.
  • Valor para o paciente: criação de “standard sets” (informações estandardizadas a recolher por patologia), que visam identificar o verdadeiro valor gerado para o paciente.

3. Agentes envolvidos no Value Based Healthcare

O Value Based Healthcare, um conceito relativamente novo (a ICHOM, a instituição criada por Michael Porter para a promoção e implementação do VBH, foi fundada em 2012), é um desafio para todos os agentes envolvidos, já que implica uma mudança no seu papel tradicional no ecossistema de cuidados de saúde:

  • Fornecedores: têm as ferramentas para saberem de que forma os tratamentos influenciam a qualidade de vida
  • Consumidores (Profissionais de saúde): selecionam os tratamentos mais adequados graças a essas ferramentas
  • Empresas farmacêuticas: contratam os fornecedores para facilitar os dois pontos anteriores
  • Governos (Administração pública de cuidados de saúde): desenvolvem políticas que apoiam os cuidados de saúde baseados no valor
  • Pacientes: beneficiam deste novo modelo, obtendo melhorias na sua qualidade de vida

4. Benefícios

  • Reduz os custos: já que incentiva os fornecedores de serviços de saúde a adotarem uma abordagem proativa, preventiva e eficiente face aos cuidados de saúde
  • Reduz os erros médicos: com diagnósticos mais precisos, receitas médicas personalizadas e monitorização personalizada de doenças
  • Cuidado proativo: os fornecedores de cuidados de saúde oferecem um cuidado proativo para prevenir e tratar doenças e manter os pacientes mais saudáveis
  • Aumenta a satisfação do paciente: ao haver uma redução dos erros médicos e ao recompensar as organizações de cuidados de saúde com melhor rendimento
  • Mantém os pacientes bem informados: graças ao uso da tecnologia, todo o potencial da informação de cuidados de saúde é aproveitado
  • Promove hábitos saudáveis: com este novo modelo, os fornecedores de serviços de cuidados de saúde obtêm recompensas ao ajudarem os seus pacientes a melhorarem a sua saúde e a adotarem estilos de vida mais saudáveis

5. De que forma ajudamos a implementar um projeto de Value Based Healthcare?

Com mais de 15 anos de experiência na realização de projetos digitais no setor da saúde, na Quodem empenhámo-nos desde o início no conceito de Value Based Healthcare, realizando um projeto pioneiro neste novo modelo com a ICHOM, a instituição criada por Michael Porter, entre outros, para a promoção e implementação do VBH

No momento de implementar um projeto de Value Based Healthcare, oferecemos um serviço integral na implementação do mesmo, que abrange as seguintes áreas:

  • Plano de execução: conceção da estratégia para o Value Based Healthcare
  • Solução tecnológica de implementação e análise: definição das bases tecnológicas necessárias
  • Suporte e organização: proteção de dados pessoais. Cumprimento do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD)

6. Com que ferramentas se obtém?

  • Informática de dados e saúde. Uma das chaves do sucesso da mudança do volume para o valor é a agregação de dados com o objetivo de desenvolver métricas centradas no paciente para obter indicadores de valor
  • Digitalização das normas de recolha de dados associadas à patologia em que se pretenda trabalhar
  • Benchmarking, investigação e ferramentas: este nível de pormenor oferecido pelos dados requer uma avaliação comparativa sistemática, novos tipos de investigação e o desenvolvimento de sofisticadas ferramentas de apoio à tomada de decisões

Opções de cookies

Para escolher as suas preferências sobre quais cookies aceita ou recusa, assinale abaixo as opções pretendidas:

FUNCIONALIDADES BÁSICAS

Cookies estritamente necessários.- São necessários para navegar no Site e receber o serviço oferecido através dele, pelo que não requerem o seu consentimento. São cookies concebidos apenas para permitir a comunicação entre o dispositivo ou computador do Utilizador e a rede, a fim de prestar um serviço que tenha sido solicitado pelo Utilizador.

FUNCIONALIDADES AVANÇADAS

Cookies analíticos.- Permitem quantificar o número de utilizadores, acompanhar a sua navegação e, por conseguinte, realizar medições e análises estatísticas sobre a utilização do Site, a fim de melhorar os conteúdos e o serviço através dele. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Se não forem aceites, a análise indicada simplesmente não será efetuada.

Se quiser, assinale as caixas pretendidas e clique no botão a seguir para continuar a navegar no Site de acordo com suas preferências: