Comunidades restritas para pacientes com a mesma patologia

Comunidades pacientes

Comunidades pacientes

OBJETIVO

Comunidades restritas para pacientes com a mesma patologia, para a partilha de experiências, testemunhos, conhecimento e apoio.

DESCRIÇÃO

As comunidades de pacientes são um fenómeno recente e representam uma prova importante da penetração das redes sociais  nos cuidados de saúde . Permitem aos utilizadores conseguir apoio e suporte sobre a sua patologia,  fornecendo estratégias para superar ou conviver com a doença.

JUSTIFICAÇÃO

Os pacientes exigem cada vez mais um controlo da sua saúde baseado principalmente na informação sobre a mesma, estando atentos a novos avanços científicos e partilhando experiências que lhes permitem curar ou melhorar a sua doença.

O  desenvolvimento de comunidades de pacientes implica uma globalização dos diferentes casos clínicos, o que potencialmente representa uma oportunidade de avançar no tratamento de todo tipo de doenças, mas especialmente nas que são consideradas como doenças raras pela sua baixa prevalência a nível local.

BENEFÍCIOS

  • Informação e ferramentas para pacientes e cuidadores.
  • Comunicação participativa e transversal: As pessoas são mais propensas a partilhar informação e experiências.
  • Participam pessoas de qualquer área geográfica aumentando por isso o número de experiências e casos clínicos.
  • São mais atrativas para a participação de fornecedores.

PONTOS CRÍTICOS DE SUCESSO

  • Ferramentas úteis.
  • Conteúdos de qualidade.

MÉTRICAS

  • Número de utilizadores.
  • Recomendações.
  • Reconhecimento de utilidade pelos profissionais de saúde.

Esta Web utiliza cookies para ofrecer nuestros contenidos y realizar labores analíticas. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.